Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nelson Domingos Eduardo

Nelson Domingos Eduardo

Análise de negócio (business anlyses), o que precisas saber! Parte 1.

17.08.20 | Nelson Eduardo

aa.png

 

Quando fazia a cadeira de ADS (analise e Desenho de Sistema), na faculdade, nos era dado, geralmente, um levantamento de requisito já elaborado (especificação sobre a regra de Negócio já estabelecida) e éramos encarregados de fazer a análise do sistema em si (análise estrutural e UML do sistema), bem como os componentes de base de dados e a sua implementação.

Na realidade, o que se passava é que usávamos a tecnologia e as técnicas para análise do sistema em sim, e não nos objetivos do negócio. Além do mais, não era e não é o nosso foco enquanto estudante, ou pessoas que vão executar o sistema, mas nas empresas, embora o nosso foco seja em estarmos ligado em tecnologia deve servir para ajudar no alcance dos objetivos da empresa. Ou seja, quais as motivações do surgimento deste sistema (a necessidade), para quer usar esta tecnologia tudo deverá ser analisado e verificar se esta solução vai de acordo aos objetivos da empresa, por exemplo.

Acredito que Analise de negócio é uma área que as pessoas que trabalha com Tecnologia de informação deveria saber porque nos ajuda a saber sobre várias coisas dos negócios, e todo o processo de um negócio duma empresa, e por consequência te dará todas as técnicas e ferramentas para saber mais sobre o negócio e os seus intervenientes (stakeholder), possibilitando-te, assim, a melhor pensar na utilização da tecnologia,  melhorar os sistemas, melhorar os processos das empresas, e por fim, e quem sabe melhorar o próprio negócio.

Um fluxo de trabalho para desenvolvimento de um sistema de informação seria o seguinte:

  1. Analise de Negócio (o que estou a abordar neste).
  2. Analise de Sistema (analise em si do sistema, tecnologia a usar, modelagem de dado, etc.).
  3. Gestão do Projecto (Aplicando metodologia ágeis como SCRUM e Kanban e alguns conhecimentos do PMBOK...)

O que é Análise de negócio?

É um conceito que visa a investigação e análise a situação do negócio, identificar e avaliar opções para o melhoramento do sistema de negócio, para além de elaborar e definir requerimentos efectivo, definir business case para implementação e uso de sistema de informação em linha com as necessidades do negócio.

 

Abrangência (escopo) da análise de negócio está em diversas áreas,

  1. Melhoramento de sistema -Aqui o analista de negócio e responsável em trabalhar com os usuários do negócio, trabalhar com o sistema de informação. Reunir documentação de análise e modelos de requerimento para melhoramento do sistema
  2. Melhoramento de processos-melhoramento dos processos do negócio para aumentar as operações da organização. Aqui o analista de sistema deve ter noção de gestão de relação com pessoal envolvida no negócio (Stakeholder), fazer análise de lacuna (Business chance-relativo a situação atual da empresa e os seus objetivos) e capacidade de construir Business case (plano de negócio)
  3. Melhoramento de negócio- por último, trabalhando consultor interno para melhorar a efectivacao de negócio, implementado mudança organizacional, aqui o trabalho realizado são, noção de gestão de relação com pessoal envolvida no negócio (Stakeholder), definição de estratégia e objetivos, analise do desempenho, para além de habilidade para desenhar proposta e contracto.

Origem e desenvolvimento de análise de negocio

A origem da análise de negócio deve se a muito factores, como por exemplo, o uso de sistema informação tem permitido o desenvolvimento das empresas em diferentes vertentes:

Sistema de informação tem ajudado no desenvolvimento das operações dos negócios

Sistema de informação tem possibilitado e provendo informação para gestores e tomadores de decisões

Algumas razoes para se fazer análise de negócio.

A duas razoes que justificam a análise de negócio nas organizações

  1. A terceirização

Muitas organizações têm movendo os desenvolvimentos de TI e operação externamente, ou seja, organizações especializadas em TI, logo esta empresa deverá utilizar todas as ferramentas de TI para melhor trabalhar.

  1. TI como uma vantagem competitiva

Hoje em dia devemos concordar que a tecnologia tem permitido vantagens competitiva das empresas, mas uma coisa que pouco sabem e que sem alguns pressupostos as tecnologias podem não criar essa tal vantagem competitiva sem, digamos assim, esses pressupostos que vou citar mais abaixo.

  • A necessidade do negócio deve guiar o desenvolvimento do sistema de TI
  • Os sistemas de TI que muda por si mesmo não são suficientes o sistema de negócio muda, o sistema de deve também ser definido e implementado

 

  • Os requisitos para Sistema devem ser definidos com rigor e coerência.

 

Por esta e outras razões tem permitido as organizações reconhecer o papel dos analistas de negócio, que dão concelhos sobre o uso e desenvolvimento de TI em linha ao benefício dos negócios. Muitas das vezes, estas soluções não são sobre Tecnologia, provavelmente de outro factores.